pictureName

Blog

  • pictureName

Safeeds realiza palestra no 2° Encontro de Aves e Suínos (Toosui)


Uso de aditivos naturais é caminho sem volta, diz presidente da Safeeds.

O uso de aditivos alternativos na nutrição animal em substituição aos antigos promotores de crescimento foi o tema da palestra realizada nesta sexta-feira, 20, no auditório do hotel Maestro, pelo zootecnista, mestre em nutrição animal, presidente e diretor técnico da empresa  Safeeds, Ricardo Castilho. Ele falou aos estudantes do curso de Medicina Veterinária da PUCPR, campus de Toledo, durante o segundo Encontro de Aves e Suínos (Toosui), das últimas tendências de mercado, que cada vez mais reprovam o uso de antibióticos na nutrição animal, pelo risco de resistência cruzada em humanos, e a introdução de aditivos alternativos, tecnologia dominada pela empresa, na produção de alimentos seguros e com performances semelhantes de custos e conversão alimentar aos aditivos tradicionais.

Durante a sua exposição, Ricardo Castilho, formado em Zootecnia pela Universidade de São Paulo (USP) com mestrado em Nutrição Animal pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste),  fez um relato sobre a legislação existente e a nova tendência de mercado, que restringe gradativamente a utilização de antibióticos na nutrição animal. “O uso de aditivos na nutrição animal tem uma legislação pertinente, com uma série de produtos permitidos, mas os aditivos até então utilizados, que eram os antibióticos, estão sendo banidos do mercado, numa tendência sem volta. A Safeeds, como uma empresa na região, preocupada com a produção de alimentos seguros, desenvolve novas tecnologias para a produção de aditivos totalmente alinhados nesta nova tendência. Estamos produzindo aditivos em substituição aos antigos promotores de crescimento, mantendo-se a performance dos animais e reduzindo o custo de produção”.

Segundo o responsável técnico da Safeeds, os aditivos na produção animal visam melhorar o desempenho nutricional, adicionando sabor, aroma e cor aos alimentos, tornando mais atrativos e com isso contribuindo para o aumento do ganho de peso. A ração, explica ele, representa o maior custo de produção dos animais. Qualquer economia nesta área, com redução do volume de ração ou maior ganho de peso com a mesma quantidade de alimento, representa uma redução dos custos de produção, tornando a atividade mais rentável.

Ele manifestou a sua satisfação em poder participar de um evento como este, promovido pela PUCPR, e disseminar entre os estudantes a tecnologia que está sendo gerada na empresa, totalmente alinhada às novas tendências de mercado. “São alimentos mais saudáveis, com a tendência de retirada de antibióticos na nutrição animal. O uso indiscriminado de antibióticos na nutrição animal pode gerar resistência dos microorganismos que estão na natureza, no ambiente, em contato com os humanos. A diminuição do uso de antibióticos reduz a tendência de resistência cruzada. Os aditivos que estamos usando não são antibióticos, não geram esta resistência. Produzimos um novo segmento de aditivos que podem ser utilizados para substituir os antigos antibióticos. A qualidade é melhor, na medida em que se evita bactérias mais resistentes e o custo é praticamente o mesmo que com os aditivos antigos. Produzir com o mesmo custo, sem o uso de antibióticos, somente se for considerado isso, já é uma grande vitória”.

Com formação em escolas e universidades públicas brasileiras, Castilho reconheceu a importância do setor na sua formação e novas pesquisas e informou que sua empresa mantém convênios formais com universidades e instituições públicas. Ele disse que tem o maior orgulho de compartilhar com a PUCPR as novas pesquisas e produtos extremamente inovadores da Safeeds, contribuindo assim na formação dos acadêmicos que estão se preparando para em breve entrar no mercado de trabalho. Situada na região de Toledo, a Safeeds é uma empresa de produção de aditivos para a nutrição animal, com uma equipe técnica altamente qualificada, investindo na nutrição animal sem o uso de antibióticos.

A estudante Thainara Dalposso, coordenadora do evento, agradeceu a parceria da Safeeds e destacou que ela já ocorre há algum tempo, com a empresa sendo uma importante parceira da universidade. “Já realizamos visitas técnicas à empresa, que sempre se colocou à disposição, esclarecendo dúvidas, ajudando, contribuindo na formação dos alunos”. Segundo ela, discutir o uso de antimicrobianos na suinocultura e na avicultura é importante porque é um tema cada vez mais forte na alimentação animal, no Brasil e em outros países. “Muitos ainda não acreditam que foram retirados antibióticos na alimentação animal. Acham que os animais somente crescem rápido em função do uso de promotores de crescimento. Com isso, apresentam resistência na compra de determinados produtos. O uso de aditivos na nutrição animal vem para tirar este pré-conceito e para fazer com que as pessoas passem a acreditar que estão comendo alimentos de qualidade e que tem profissionais por trás trabalhando para melhorar a qualidade destes alimentos. A Safeeds está totalmente engajada neste processo”, enfatizou.

Tags