pictureName

Blog

  • pictureName

Safeeds apresenta experiência europeia sobre restrição de antibióticos.


A tendência mundial de restrição a utilização de antibióticos na nutrição animal tem sido cada vez mais debatida por profissionais do setor.

E é com esse objetivo que a Safeeds aditivos (Cascavel-PR) está apresentando durante a semana de 24 a 27 de abril um encontro, com visitas a seus clientes para promover a experiência europeia do banimento dos antibióticos promotores de crescimento, com a presença do diretor técnico mundial da JEFO, Jean-Christophe Bodin.

Com muito know-how sobre o tema e trabalhando na inovação e desenvolvimento de produtos alternativos, o pesquisador e diretor das operações na Europa explica que desde 2006, houve uma mudança na legislação dos países europeus, que exigiu a retirada dos antibióticos. “Na época foi uma decisão das autoridades regulatórias e tivemos que cumprir. Não estávamos preparados, tivemos que encontrar soluções rápidas, como manejo, diferentes formulações, técnicas de produção e novos aditivos, mas conseguimos administrar isso, apesar do pouco tempo”, relembra.

Atualmente, enfatiza Jean-Christophe, já não se trata mais de regulamentação, mas de atender as expectativas e os anseios dos consumidores, que buscam por produtos cada vez mais seguros e saudáveis. E o Brasil não deve ficar fora deste cenário, já que é reconhecido como importante exportador mundial”, comenta. Para o nutricionista, é importante trocar informações sobre o tema e em especial dividir as experiências tidas na Europa e América do Norte com os brasileiros, para que as empresas se empenhem neste desafio e também aproveitem a oportunidade de marketing que está se abrindo. “A diferença agora é que não é somente um cumprimento a legislação, mas é o consumidor que está pedindo. É mais intenso do que a própria regulamentação”, argumenta Jean.

A JEFO, é uma empresa canadense e uma das líderes em soluções tecnológicas no segmento de aditivos não medicamentosos, e em parceria com a Safeeds tem se tornado referência no Brasil com a criação do Programa Safeeds AGP free. “Combinamos soluções: como a utilização de ácidos orgânicos + óleos essenciais, somados a medidas de biossegurança e acompanhamento técnico, que variam de cliente para cliente. E os resultados tem sido espetaculares”, finaliza o pesquisador.


Tags